Sexta-feira, 25 de Julho de 2008

Ontem, ao falar ao telefone com uma amiga, que amanhã também vai ao casamento, no meio da conversa estava eu a comentar que esperava que não almoçássemos muitos tarde, por causa da Inês, e a minha amiga muito espantada sai-se com esta pergunta:

" - Mas tu vais levar a Inês ao casamento?"

Como ela tem uma filha de 6 anos eu respondi-lhe com outra pergunta:

" - Claro que sim, mas porquê, tu não levas a tua?"

A resposta dela deixou-me parva

" - Claro que não levo, já viste que assim não te vais divertir nada, e se a Inês te resolve fazer uma birra? Eu cá não levo a minha, fica com a avó que eu quero divertir-me..."

Eu, claro que argumentei:

" - Eu era incapaz de ir e deixar a minha filha, já me basta estar a semana toda sem ela, e se ela fizer birra deixa lá que a mim não me vai incomodar nada e garanto que também não te vai incomodar a ti!"

 

Logo depois desta conversa falei com a noiva e contei-lhe, ao que ela me respondeu que é normal, ela já a conhece há muitos anos (eu só a conheci o ano passado) e só viu a filha dela uma vez, e foi porque ela insistiu, porque cada vez que saem para jantar ou almoçar ou para o que quer que seja, nem que seja para irem à praia ou ao centro comercial, nunca levam a filha, fica sempre com a avó!

 

Esta situação deixa-me um bocadinho revoltada, porque é que as pessoas têm os filhos se depois não estão para os aturar, têm os filhos e depois dão aos pais para os criarem porque eles não querem deixar de se divertir. Eu acho impensável sair e não levar a minha filha, e não é por causa dela que me vou divertir menos, pelo contrário, agora ainda tenho mais motivos para me sentir feliz e divertir.

Eu sei que há situações em que não dá para levar a minha filha, como a despedida de solteira ou uma saida à noite com os amigos, eu por vezes também o faço e deixo a Inês com a minha mãe, mas é uma vez de vez em quando. Agora ir para um casamento, um sitio onde posso levar a minha filha perfeitamente, porque é que não haveria de o fazer?? O máximo que pode acontecer é ter de sair mais cedo por causa dela, mas isso não me incomoda nada!

 

Desculpem o desabafo, mas eu já passo tão pouco tempo sem a minha pequenina que era impensável passar um Sábado sem ela...

 


sinto-me Espantada

publicado por ssbpt às 09:41 | link do post | favorito

De omeutraquinas a 25 de Julho de 2008 às 13:17
Concordo contigo já estamos tanto tempo longe que depois temos que aproveitar todos os bocadinhos, a minha mãe já se ofereceu para ficar com o traquinas uma noite para podermos descansar mas nós nem isso e é no andar debaixo, preferimos passar mal a noite mas tê-lo sempre ali ao lado e mesmo quando saio e por algum motivo ele tem que ficar com a minha mãe volta e meia estou a telefonar e estou sempre ansiosa por chegar a casa, por mim andava sempre com ele para todo o lado.
bjs


Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

O dia a dia de uma familia que eu tento (só tento) que seja normal!
mais sobre mim
posts recentes

Surpresa ....

Mãe

Descansa em paz!

Procura-se

Voltei!!

A consulta

Não há mal que venha só!!

Ano e meio...

Fim de semana à vista...

Melhoras??!!

arquivos

Setembro 2010

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

tags

todas as tags

Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29


links
comentários recentes
Olá, Também sai de casa no Sábado de manhã para ve...
Onde tu andas, já tenho saudades.Beijocas
dói muito, muito mesmo, sei bem, passei por isso n...
blogs SAPO
subscrever feeds